domingo, julho 30, 2006

3º Dia em Coimbra

100M FEM – Boa vitória de Joana Vilhena com 1:07.47 e quase um segundo de avanço, ela que tem tido uma época difícil. Mudar de clube, mas ficar a treinar na mesma piscina e com o mesmo treinador e ver os antigos companheiros ao longe… Em absolutos vitória da ainda júnior de Évora, Joana Escária em 1:03.00, muito perto dos 1:02.66 do recorde nacional júnior de Sara Oliveira. Os restantes lugares do pódio foram ocupados por Filipa Silva (CNA) e Sara Carneiro (SCB) também abaixo de 1:04.
100M MAS – Duelo algarvio em JUV B com a vitória a sorrir a Luís Estanislau do Louletano em 1:02.13 na frente de Alexandre Gaitas da Portinado com 1:02.72. Em JUV A o título foi para João Santiago da SFUAP no seu melhor de sempre com 58.42. Na final da tarde bom tempo de Diogo Carvalho do Galitos de Aveiro com 54.76 a apenas 10 centésimos do seu próprio recorde júnior obtido no Open de Portugal.
100B FEM – Em juvenis a vitória foi para Joana Carvalho do Penafiel com 1:18.62 enquanto que em absolutos a vitória sorriu de nova à individual Ana Brito com 1:14.41. Marta Azedo do Viana e Fabiana Quintal do Nacional completaram o pódio abaixo dos 1:16.
100B MAS – Em JUV B a vitória esperada de André Silva do Palmela em 1:08.38 que à tarde na final absoluta fez 8º em 1:07.98 a precisamente 1 segundo do seu recorde. Em JUV A Fábio Madureira do Penafiel venceu em 1:09.50. Na final absoluta a vitória foi para Henrique Neiva do CFV em 1:05.00 ainda longe dos seus 1:03.99 de 2004. Os restantes lugares do pódio foram para os juniores Carlos Almeida (CNA) e Bruno Monteiro (LSC) em 1:06.43 e 1:06.56, respectivamente.
50L FEM – Vitória mais que esperada para Patrícia Conceição do Belenenses. A recordista nacional absoluta (26.43 em 2004) realizou a boa marca de 26.77 deixando o 2º lugar para Sara Loureiro do FCP em 27.08. A rápida Joana Escária depois da vitória dos 100M teve de se “contentar” com o lugar mais baixo do pódio com 27.24. Veremos se a sua evolução se mantém em sénior e se começa a atacar os recorde absolutos nas provas mais rápidas…
50L MAS – Excelente tempo do Alexandre Agostinho! Melhorou e bem os seus 23.60 que trazia do Open de Portugal e realizou 23.22 deixando Diogo Carvalho a mais de 4 décimos de distância. Ricardo Rego do Leixões ficou com o 3º lugar ainda no segundo 23.
50C FEM – Grande jornada de Joana Escária. Depois da vitória nos 100M e do 3º lugar nos 50L, ainda arranjou forçar para vencer os 50C! Embora tenha como máximo pessoal (também é recorde nacional júnior) 30.83, os 31.50 que marcou, chegaram para chegar na frente. Mas foi por muito pouco, é que Carolina Peres do Leixões fez 31.55 e Filipa Silva da Amadora fez 31.74.
50C MAS – Segundo titulo individual para o trintão Nuno Laurentino. Depois de vencer os 100C muito apertado por Pedro Oliveira, nos 50 foi mais “fácil”… Fez 26.93, mas relembre-se que o seu recorde nacional está fixado em 25.99 desde 2002. Mas o grande destaque da prova foi mesmo o 2º classificado, Frederico Lima individual, ex-ABVE. Numa época super difícil, com todos os problemas na ABVE e a não ida ao europeu, fechou com chave de ouro a época com um recorde nacional júnior em 27.42. Pedro Oliveira do CNRM também nadou abaixo do anterior recorde (27.51) em 27.49.
400L FEM – Terceira vitória individual para a juvenil famalicense Ana Ferreira, depois dos 800L e 200L. Desta feita nadou em 4:43.61 deixando para trás a vilacondense Soraia Ribeiro em 4:44.61 e Lara Pinheiro da SFUAP em 4:45.00. Em absolutos a vitória foi para Sara Loureiro do FCP com 4:28.66 que relegou Vânia Neves do Viana e Nádia Laezza do CNAC para os restantes lugares do pódio em 4:32.40 e 4:33.56, respectivamente.
400L MAS – Em JUV B vitória fácil de Rui Costa do Guimarães com 4:13.82, enquanto que em JUV A Pedro Oliveira do CFB venceu em 4:07.24. Na final absoluta da tarde o destaque foi o 4º classificado, o juvenil B Rui Costa que de manhã tinha passeado para ao titulo do escalão, à tarde voou para 4:06.22 com os excelentes parciais de 2:03.14 e 2:03.08! Recorde nacional por mais de 4 segundos, o anterior pertencia a Jorge Maia com 4:10.70. Jorge Maia do famalicão, ainda júnior de 1º ano venceu a prova na geral com 4:02.65 relegando o bracarense José Parente para o 2º lugar com 4:02.69.

Atletas Beba Água/Herbalife do Dia: Frederico Lima, pela prestação na prova dos 50C com um novo recorde júnior de 27.42 e Rui Costa do Vitória de Guimarães, pelo excelente novo recorde nacional de JUV B nos 400L com 4:06.22.

- Resultados até ao momento

Etiquetas:

12 Comments:

Anonymous Anónimo said...

4.6 i d manha 4.13?
e ainda dobrou a prova!! suspeito
parabens

segunda-feira, julho 31, 2006 11:55:00 da manhã  
Anonymous contazulejos said...

Nota muito boa para as instalações e o apoio prestado pela Divisão de Desporto de Coimbra.

segunda-feira, julho 31, 2006 11:56:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

no site da federacao....a EDV TEVE 3 medalhas d ouro e nao 2..... e melhor verem isso!!!!!!!

segunda-feira, julho 31, 2006 12:01:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

este blog n é da FPN, nem sei se alguém de lá lê isto... mas o melhor é mesmo enviar um mail para lá, ok? n vale a pena mandar mais comments

segunda-feira, julho 31, 2006 12:05:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pedro Oliveira... apesar dos bons tempos tem 1a atitude pouco correcta... estava a espera q ele fosse 1 exemplo... o que nem sempre mostrou.. parabens ao FRED

segunda-feira, julho 31, 2006 12:24:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pois tb concordo! akela chegada nos 100 costas merecia um pouco mais de fairplay e respeito por a nadador como o laurentino

segunda-feira, julho 31, 2006 1:20:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

mais um resultado para o excelente trabalho desenvolvido pela "geração" Teixeira e mais uma estalada na incompetente direcção da ABVE.
continuem a facturar!!
Parabêns

segunda-feira, julho 31, 2006 2:32:00 da tarde  
Anonymous Pedro Diogo Oliveira said...

Parabens ao fred! os 50 sao realmente a prova "dele" alias... de manha disse.lhe que a tarde ele ia conseguir bater record! respeito pelo tino? obvio que tenho... a minha atitude nao foi a mais correcta e certo e sabido... todos erramos...foi a maneira (errada como ja disse) de demonstrar o meu descontentamento nao por ter perdido, mas por ter falhado o record junior que a tanto tempo procurava e que tenho a prefeita consciencia que estava ao meu alcance... como provei a nadar abaixo do record dos 50...

segunda-feira, julho 31, 2006 3:51:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Faço minhas as palavras do 1º comment
Quanto ao Pedro Oliveira continuo a achar um exemplo apesar de ter falhas como toda a gente. admiro-o por ser capaz de ser vice-campeão da Europa, recordista absoluto de Portugal e ir ver provas de atletas infantis incentivando-os a um dia, quem sabe, serem eles a fazerem os mesmos feitos.
Quem nunca errou que o critique. Quem erra que olhe para si próprio

segunda-feira, julho 31, 2006 5:28:00 da tarde  
Anonymous NUNOROLA said...

GRANDE PEDRO OLIVEIRA TEVE A MELHOR ATITUDE TAVA FUSTRADO...NAO ERROU NEM PENSOU NO TINO ATE PODIA SER OUTRO QUALQUER QUE FAZIA IGUAL ELE QUERIA ERA O RECORDE NACIONAL A SUA ATITUDE NAO TEM NADA DE ANORMAL....
PARABENS AO PUTO FRED E OLHA MANDEI OS BOXERES OU NAO MANDEI???BOAS FERIAS

segunda-feira, julho 31, 2006 7:43:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

sim.eu tambem discordo com a escolha do nadador do dia..diria mais a mariana do vilacondense..ao vencer o swim off dos 100b..unico swim off nestes campeonatos!e grande prova.ao melhorar significativamente o seu tempo.

segunda-feira, julho 31, 2006 8:37:00 da tarde  
Anonymous Freitas ( pimpoes) said...

concordo ai com o pedro

segunda-feira, julho 31, 2006 9:29:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home