quarta-feira, setembro 06, 2006

Manaudou e treinador mudam de ares

A novela de verão em França desta época não foi sobre futebol, desta vez as luzes dos média recaíram sobre a natação. Tal seria impossível em Portugal onde as novelas “Simão em Valência” e “Caso Mateus” ocupam de forma absurda o nosso dia a dia.

Phillippe Lucas, treinador de Manaudou farto de lutar por melhores condições para si e para os seus atletas em Melun, mudou de ares para Canet onde criará uma estrutura profissional com objectivos ambiciosos. Com Lucas, partem também as suas três melhores atletas: Laure Manaudou, Esther Baron, Sarah Bey e a sueca Ann Berglund.

- Tradução dos artigos do Jornal "L'Equipe" do dia 25-08-2006 (por contazulejos)

6 Comments:

Blogger Beba Água said...

Depois de “don corleone” ter ajudado ai numas tabelas, chega a vez de “contazulejos” ajudar aqui o BA. Participem vocês também com material que achem interessante.

quarta-feira, setembro 06, 2006 10:08:00 da manhã  
Anonymous an onibus said...

Muito à frente! Cá não há disto, não!!!

quarta-feira, setembro 06, 2006 10:19:00 da manhã  
Anonymous Pedro Diogo Oliveira said...

N ha disto mas ainda pode haver... e as autoridades deste pais porem os olhos nisto... ja existem sitios em Portugal em que isto e possivel de ser feito... Rio Maior e um deles sem duvida

quarta-feira, setembro 06, 2006 2:06:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

então pedro? ouvi dizer que estavas numa de 10km. tens concorrência forte mas pelo que tb ouvi os premios tb devem prometer.

quarta-feira, setembro 06, 2006 2:40:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

da francesa ninguem fala?

quarta-feira, setembro 06, 2006 8:46:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

Mto bom, em vários aspectos:

- 1º pelo conteúdo/essência. Sendo umas das melhores nadadoras mundiais da actualidade, europeia, francesa, e vendo a sua carreira conduzida c tanta firmeza por um técnico tão polémico quão bem sucedido, é uma lição de vida para tanto lambe-botas q por aí anda

- 2º pela tradução/colaboração do contaazulejos, possibilitando este nível num blog como o B.A.

- 3º pq por estas e por outras se vê a diferença entre o L'Equipe e "A Bola" ou o "Record", ou se preferirmos, a diferença entre a França e a Tugolândia.

Quanto ao essencial da questão, é o sonho de mtos treinadores, poderem coordenar uma estrutura de treino profissional e 100% disponível, mesmo q os atletas representem os seus clubes de origem.

Em Portugal, apenas o carismático e consagrado ex-DTN Paulo Cunha teve meios p algo parecido c isso, com o retundo sucesso q se conhece.

domingo, setembro 10, 2006 11:41:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home