quinta-feira, setembro 21, 2006

Natação fora de água

Parece agora é moda lá para os lados de Santarém as equipas fecharem portas por problemas causados directa ou indirectamente pelas Câmaras Municipais…

Primeiro foi a vez do ALDESP fechar, uma vez que a Empresa Municipal de Desporto foi agregada com a da Cultura e decidido não gastar dinheiro com uma equipa de competição. Ver assunto no blog da própria equipa.

Agora é a Escola de Natação de Santarém que provavelmente terá de fechar portas uma vez que a outra equipa da cidade - Empresa Municipal Scalabisport – lhes anda a fazer a vida negra. As taxas a pagar por uma são ZERO e pela outra são 17,5 euros/hora por pista (10 mil euros por ano). Qual o futuro desta equipa histórica e fundadora da ANDS?

Parágrafo retirado por solicitação do CNLA.
Esperemos que problemas destes não se alastrem pelo país…

40 Comments:

Anonymous Anónimo said...

sempre à frente

quinta-feira, setembro 21, 2006 9:13:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

o ppl d santarem k kiser vir para o rio maior fica o convite o msm se aplica para os ex-aldesp!

quinta-feira, setembro 21, 2006 12:12:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Isto é um mal nacional, conheço casos que as camaras nem sequer deixam os clubes ir lá treinar. Poucas são as escolas de natação municipais que estão interessadas na competição e algumas fazem mesmo campanha para que os atletas não vão para a competição.
Reparem que do ponto de vista económico a competição é uma chatice só dá despesa e a natação não tem a visibilidade que o futebol e por isso o retorno político é insignificante.
Não tenham dúvida que isto é um problema gravissimo e é quase geral, há algumas excepções.

quinta-feira, setembro 21, 2006 12:27:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Atreveste??!!!!...a blasfemar sobre o o o grande SR....estamos feitos...lá se vai o pouco que nos resta...............
Parabéns!!
Que os politicos eram malabaristas já todos sabiamos...o problema é qd aparecem uns "agregados"que nem sabem distinguir a mão esquerda da direita...

quinta-feira, setembro 21, 2006 12:40:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se não se fizer nada a ABVE fará parte deste leque de clubes...

quinta-feira, setembro 21, 2006 2:26:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

infelizmente a tendencia é sempre a piorar....

quinta-feira, setembro 21, 2006 2:49:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A natação fora de água é o espelho do nosso país real.
Quando se pensou na profissionalização da fpn esqueceu-se de olhar para montante, ou seja resolver em primeiro lugar os problemas básicos da natação em termos estruturais e não conjunturais.A realidade do nosso pais em algumas modalidades não comporta estruturas profissionais o que não significa profissionalismo e eficácia na resolução dos problemas da modalidade.
Na realidade depois assiste-se a noticias destas, que colocam a natação pelas ruas da amargura e impedem aqueles que têm vontade de nadar e trabalhar em prol da natação.
As estruturas de poder deste país quer politicas quer desportivas esquecem-se de realizar planos de desenvolvimento desportivo capazes e estruturados de forma a permitir que modalidades como a natação possam alcançar resultados poistivos e desportivos.
qualquer dia não temos piscinas nem nadadores ou então vamos todos nadar Aguas Abertas.

quinta-feira, setembro 21, 2006 3:34:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Parece k está a pegar a moda, a norte o SSCMP (Paredes) também vive problemas idênticos, os melhores atletas de natação pura rumaram a outros clubes a equipa de polo aquático, que milita na 1ª divisão, anta em constante sobre salto, a autarquia a dificultar cada vez mais a situação. Impressionante um conselho com 4 piscina municipais de 25 metros!... assim não vamos a lado nenhum no desenvolvimento do desporto, e da natação em particular...

Que serviço prestam esses Srs. à juventude que quer fazer algo de positivo?

quinta-feira, setembro 21, 2006 3:53:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É vergonhoso isto acontecer. Com o estado em k a televisão está, aqueles programas da manhã com tertulias e conversas d quintais, ninguem toma a iniciativa de ir à TV expor o tema? Isto é digno de TV, era bom vermos a cara dos presidntes da camara qd o caso fosse exposto

quinta-feira, setembro 21, 2006 4:49:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Se isto fosse futebol estava nos prós e contras mas é natação, ninguém quer saber (salvo o pessoal da natação).
Tem de ser um trabalho de associações, federação e também do IDP a actuar.
Em relação ao faltar piscinas não te preocupes que isso não falta...é mesmo um problema político e gestão das piscinas.

quinta-feira, setembro 21, 2006 5:29:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

querem falar de conselhos e piscinas??
no de Cascais (o dito mais rico do país) julgo nem uma de 25m ter!!!!
apenas uma privada (Alapraia)
deitaram o dramático de Cascais abaixo e em contrapartida inventram uma de 17/20 metros!!! é a nossa olímpica!! é demasiado triste para ser verdade.

quinta-feira, setembro 21, 2006 6:30:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Penso que é urgente denunciar esta situação. Está a acontecer o mesmo em praticamente todo o país. Os autarcas contratam os afilhados para "dar aulas" de natação e matam os clubes. A continuar assim dentro de poucos anos só vão restar os clubes que são proprietários das suas próprias piscinas.

quinta-feira, setembro 21, 2006 7:06:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e com essa cena das empresas desportivas municipais e a certificação de qualidade ainda vai ser pior para a natação de competição poder ter espaço para treinos. Só querem saber de lucros e não vêm que mostrar uma equipa de natação de um clube numa terra tb é um lucro e dinamiza e envolve esse meio.
Mas para tal têm de ter 1 mente mais aberta, tal como 1 paraquedas funciona melhor quanto mais aberto estiver.

quinta-feira, setembro 21, 2006 8:26:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

é possível fazer uma petiçao on line? penso ser uma boa iniciativa. Atenção que ainda existe muita gente do nosso lado...

quinta-feira, setembro 21, 2006 10:00:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O problema quanto a mim é que os clubes habituaram-se a ser municipio dependentes,principio que à primeira vista não questiono,mas não estão à espera que essa ajuda seja eterna.Neste momento há um clube com mais de 100 anos com grandes pergaminhos na natação nacional e que passou e ainda está a passar uma grande travessia no deserto,que olhou em frente e percebeu que a melhor forma de acabar com a situação seria a de contruir um complexo novo,ora ele está aí e vejam um clube que contruiu um complexo de piscinas em 1966 e agora constrói um outro com condições inéditas em portugal,parece-me um grande exemplo de vitalidade a seguir ao invés de projectos de treinadores e ou dirigentes que formam clubes apoiados em projectos que só serão viáveis enquanto os municipios suportarem grande parte do seu orçamento.Quanto a mim os municipios devem acarinhar esta modalidade da qual todos gostamos mas o espírito de iniciativa dos clubes e da sociedade civil deverá estar sempre presente.

quinta-feira, setembro 21, 2006 10:38:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Assim tivesse a Câmara de Cascais tomates para construir uma piscina e afogar a Associação de Bandidos e Vigaristas dos Estoris... e quem por lá ainda respira o bafo, a corrupção, o mal estar, a culpa própria...

quinta-feira, setembro 21, 2006 10:48:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Nem todos os clubes tem capacidade financeira para construir umas piscinas e se as piscinas municipais existem porque não aproveita-las, há espaço para todos. Não há é vontade de ter concorrencia.

quinta-feira, setembro 21, 2006 10:57:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sim Sim...
caro amigo do CFP, muito bonita a sua história, mas onde arranjam o pilim para a construção do novo complexo? cai do céu??
vem tudo do mesmo, chamem-lhe camara, governo, prodep, CEE, etc etc...

sexta-feira, setembro 22, 2006 11:00:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Simples caro amigo,com a ajuda inevitável da camara para desbloquear um protocolo que visava a alienação dos terrenos onde se situava o antigo complexo de piscinas,para construção de imobiliário.Ñão quero dizer que as CM ou as EM estejam a trabalhar a 100% ou mesmo a 50% em prol da natação de competição,mas que e sobretudo em momentos dificeis como aqueles que alguns clubes passam aquele exemplo que citei é um exemplo a seguir.Ao que julgo saber o Algés teve uma proposta semelhante,para cedência de terrenos e contrução de novas instalações,em Espanha o S.OLAYA de Gijon construiu uma piscina de 50m coberta há mais de 10 anos com recurso à banca de 700.000 de pesetas, o Benfica construiu as suas piscinas o Sporting idem o F.C.Porto pelos vistos não lhes seguiu o exemplo e vejam o resultado,já a CM Braga quer construir instalções vejam lá no valor de 25.000.000 de euros e o S.C.Braga a esfregar as mãos mas a meu ver é pura ilusão,não a construção mas a utilização das mesmas,a seu belo prazer vejam o que aconteceu em Coimbra.

sexta-feira, setembro 22, 2006 12:53:00 da tarde  
Anonymous Preto said...

Eu acho isto uma verdadeira vergonha... Eu a pensar que tamos nisto todos com o mesmo propósito, o de nadar e evoluir o estado miserável do desporto do nosso país, mas afinal o que esta gente quer é apenas competir, de forma desleal até...
devia custar mt a esses bandidos deixarem-nos exercer o nosso trabalho e fazer aquilo k gostamos...
eu até sou contra violências... mas esses gatunos era espetá-los num pau, com fogo por baixo...
vamos la ver como as coisas se vão resolver... se conseguimos continuar a faxer desporto como temos feito nasultimas decadas sem qualquer problema, ou se vamos ter que abdicar do nosso prestigiado clube só para esses bacanos sem escrúpulos levarem a bicicleta pa casa.....
Fiquem Bem

sexta-feira, setembro 22, 2006 3:04:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Deixem-se de moralismos.
Qd em casa o orçamento não estika o k é que fazem?
kerer, keriamos todos...

sexta-feira, setembro 22, 2006 3:20:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

De facto o problema é orçamental, sem dúvida. Mas com as EM a gerir desporto e cultura quem define as prioridades? o politico? o gestor da EM (que por coincidência é o mesmo politico...)? Quem decide entre 30 miudos a representar um concelho ou o Roberto Leal nas festas da cidade? Vão dizer-me que não tem nada a ver, não é? Talvez. Mas o que recebe um Roberto Leal numa noite permitia um ano de existência de competição.......pois é. E curiosamente o mesmo orçamento que não permite a existência do desporto é o mesmo que paga ao Roberto Leal. Infelizmente estes são os nossos politicos...

sexta-feira, setembro 22, 2006 3:59:00 da tarde  
Anonymous contazulejos said...

B.A...penso que o CFV trabalha tb com a parte do ensino ligada a câmara e a competição da responsabilidade directa do CFV...tinhas aí um post com esse tema não tinhas?
Confirma la sff

sexta-feira, setembro 22, 2006 7:13:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É isso aí no CFV os atletas sáo todos pescados,quanto mais não seja nas escolas da camara.

sexta-feira, setembro 22, 2006 11:20:00 da tarde  
Anonymous teamleader said...

Não Contazulejos, CFV não tem escola de natação própria! Tem sim o apoio da autarquia e da boa vontade de mts profs onde nós recrutamos pra pré-competição quer em VC, quer na PV.

sexta-feira, setembro 22, 2006 11:59:00 da tarde  
Anonymous contazulejos said...

Exactamente teamleader, era precisamente isso que eu queria focar....é que andam por aí umas pessoas que dizem que esse modelo que existe em VC (e noutros locais) não resulta...ora bem, só podem dizer isso por profundo desconhecimento ou então porque têm melhores resultados que CFV.
Pensando bem, a segunda hipotese não me parece mt real, pq o CFV foi um dos poucos ou mesmo o unico clube nos ultimos anos que foi campeão nacional só com nadadores "da casa"...
Parabéns pelo trabalho que fazem e pelo exemplo que são, mesmo que alguns não queiram ver e usem a desculpa do "modelo de funcionamento" para encobrir imcompetência.

sábado, setembro 23, 2006 10:34:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

É tudo muito bonito, mas sem dinheiro e c/a crise que o país atravessa de momento,um dia destes acordamos e só vemos futebol à nossa volta.
As verbas libertadas pelas C.M. ou empresas municipais são cada vez mais baixas,claro para a natação e outros desportos, mas para o desporto Rei arranjam sempre milhoes.É assim em todo o lado.Vejam o caso da Gespaços é uma equipa recente, com excelentes atletas, mas não é excessão, também passa pelas suas dificuldades apesar de ser uma empresa municipal, pelo que consta nem transporte têm para os atletas, mas com a ajuda e a união dos pais (principais patrocinadores) nunca falham uma prova.Enfim é o país que temos.Temos que nos unir.

segunda-feira, setembro 25, 2006 12:53:00 da manhã  
Blogger Duarte Mendonça said...

E o Cavaleiro, será então reforço (ou contratação) de quem?

segunda-feira, setembro 25, 2006 2:04:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

Ouvi dizer q 3 clubes da ANDS andam neste momento num braço de ferro a esgrimir argumentos, p ver quem fica c o Cavaleiro.

Não é só o Fernando Costa q é disputado, na 2º divisão nacional tb. se comem vivos, se necessário for, p garantir um reforço (neste caso é mais "reforço" do q "contratação").

Não sou de intrigas, mas aqui vão os nomes: CNLA, CNTN e naturalmente o Clube de Natação do Tejo – Barquinha.

Já perceberam agora pq razão disseram q iam ter atletas em Pequim 2008?! Ah pois é... Quem gozou q engula agora as suas palavras.

segunda-feira, setembro 25, 2006 3:14:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

Tas muito desactualizado: Cavaleiro nadará pela nova equipa de Almeirim.

segunda-feira, setembro 25, 2006 3:17:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

contazulejos, o modelo funciona se houver colaboração entre TODAS as partes, que é o caso do CFV. reparaste que o teamleader referiu a "boa vontade dos profs", é que o problema muitas vezes começa logo aí...
verdadeiras campanhas junto dos miudos e dos pais para que ele não vá para a competição.

segunda-feira, setembro 25, 2006 3:50:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

A culpa é do blog!

Onde está essa novidade no quadro de transferências da época 2006/2007?

segunda-feira, setembro 25, 2006 3:53:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

DM,
Ou não tas a perceber ou não me tou a explicar bem. Neste caso nem transferência nem contratação!
Qto muito há é uma transferência de nome de “ALDSP” para um novo clube que nem sei bem o nome (é extenso e complicado).
Ok?

segunda-feira, setembro 25, 2006 4:04:00 da tarde  
Anonymous contazulejos said...

Concordo plenamente anonymous das 3.53...isso acontece mt vezes, mas olha q tb conheço um caso em q o q acontece é precisamente o oposto...

segunda-feira, setembro 25, 2006 10:45:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Carissimo Duarte Mendonça:
Pela parte do CNLA, posso afirmar e esclarecer, que o clube não entra nesse "braço de ferro" e "esgrimir de argumentos" pelo referido Atleta.
O reforço deste clube tem apenas e exclusivamente a ver com o fim do sector de competição do outro clube de Sines.
António Ferreira

segunda-feira, setembro 25, 2006 11:11:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

Ainda bem q está tudo claro! O CNTN não quer, o CNLA não quer, e o atleta vai acompanhar os ex-atletas p o novo clube.

Folgo em saber, pq será sinal q cada um irá esgrimir os seus argumentos apenas c os seus atletas e c os de vêm de outro clube da mesma localidade (coisa q no CNLA nem sempre acontece, como se sabe).

Fica a pergunta, em termos regulamentares, p a situação da ALDESP: extinguindo a secção e mudando de denominação e de cidade, a nova equipa começa na 4ª divisão, certo?

Quem sai beneficiado/repescado desta situação? Ainda nem fui ver às classificações do ano passado...

terça-feira, setembro 26, 2006 1:40:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

A FPN já garantiu à nova equipa de Almeirim todos os “créditos” do antigo ALDESP, mas mesmo assim a secção de natação deste clube deverá preferir recomeçar da 4ª divisão.

terça-feira, setembro 26, 2006 1:45:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

O CNTN não quer?
Acho k é mais, o CNTN n necessita!
Se ainda fosse alguém a nadar estilos e/ou bruços...

terça-feira, setembro 26, 2006 1:51:00 da tarde  
Anonymous contazulejos said...

O CNTN está a trabalhar, por agora é a unica certeza que podem ter.

terça-feira, setembro 26, 2006 5:30:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

cavaleiro vai po cnrm...

quarta-feira, outubro 04, 2006 12:14:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home