quinta-feira, agosto 07, 2008

Balanço do CEJ Belgrado 2008

Realizaram-se em Belgrado (Sérvia) nos passados dias 30/31 de Julho e 1/2/3 de Agosto os 35ºs Campeonatos da Europa de Juniores onde estiveram presentes 19 nadadores portugueses (11 femininos e 8 masculinos).

A delegação portuguesa terminou esta participação com apenas 4 presenças nas meias-finais, onde se destacaram Joana Carvalho nos 50B com 33.38 (10ª), André Silva nos 100B com 1:04.54 (12º), Pedro Oliveira nos 200L com 1:52.97 (13º - 1:52.63 nas eliminatórias) e Joana Carvalho nos 100B com 1:13.07 (14ª). De destacar ainda a 14ª posição obtida por Maria Veloso nos 800L com o tempo de 9:07.78.

As restantes participações foram na sua generalidade abaixo das expectativas, já que numa Competição desta importância que marca, no caso dos juniores de 2º ano, o fim do seu 1º grande ciclo competitivo. As 4 melhores marcas pessoais obtidas ao longo de 5 dias foi muito pouco. Esperemos que para o ano, aos juniores de 1º ano presentes em Belgrado, se juntem outros da mesma idade e um ano mais novos com vontade para se destacarem.

- Site Oficial Belgrado 2008
- Resultados e Fotos do Europeu Júnior de Belgrado 2008
- Report BA: dia1manhã / dia1tarde / dia2 / dia3

Etiquetas: ,

17 Comments:

Anonymous Anónimo said...

mais uma vez a mentalidade dos nadadores portugueses é de obter os minimos para irem passear. quando chegam ás provas nao tem "garra" para fazer melhor. assim vai a nossa natação.

quinta-feira, agosto 07, 2008 10:40:00 da manhã  
Blogger Fernando Xavier said...

Comentários injustos para a Joana Carvalho que esteve melhor do que nunca.

quinta-feira, agosto 07, 2008 12:55:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

mais uma vez a FPN aposta mal. parabéns

quinta-feira, agosto 07, 2008 1:06:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Antes essa mentalidade do que a dos restantes que nem têm garra para fazer os mínimos e ficam em casa

quinta-feira, agosto 07, 2008 2:31:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pouco, muito pouco mesmo, mas a culpa não morre solteira; será preciso analisar todo um contexto mais extenso; os nadadores serão os menos culpados; treinam e treinam e estudam sem deixar para trás nada, mesmo com o pouco que este desporto lhes dá.

de facto o nosso combóio está a andar mais lento que o da europa, para não falar do mundial; e mesmo na europa, paísecos que estavam atrás de nós, já nos passaram.

Os responsáveis que abram os olhos e parece-nos que com as gerações mais novas o panorama ainda vai ser pior.

quinta-feira, agosto 07, 2008 3:00:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

parabens ao miguel arrobas pela sua tavessia do canal da mancha,mais um orgulho na natação portuguesa e agora força para o nuno vicente.

quinta-feira, agosto 07, 2008 3:10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

e a de alguns treinadores não estabelecerem convenientemente a programação competitiva..

quinta-feira, agosto 07, 2008 4:03:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Agora que acabou vou dar a minha opinião dos atletas com as melhores performances.



Joana Carvalho:
Uma participação muito boa, mais uma vez, principalmente para quem anda há tão pouco tempo nestas andanças.
Duas meias-finais conseguidas, e uma final que escapou por muito pouco, a juntar a uma meia-final no Mundial é assinalável. Melhorou o tempo só numa das provas (ficou pertíssimo do seu melhor na outra) mas também não se pode melhorar sempre, não é verdade? Há que referir que alguns têm duvidado da competência do seu treinador, mas o que é certo é que nos últimos anos têm saído do FCP grandes resultados vindos de vários atletas (Luís Monteiro, Sara Oliveira, Paulo Santos, e agora a Joana).
Para o ano vai preciso lutar por um lugar na equipa absoluta, mas creio que, pelo que temos visto, tudo leva a crer que isto é um objectivo bem real.


Pedro Oliveira:
Se não esteve tão bem no Mundial é porque muito provavelmente tinha por meta desta época os Europeus, o que me parece aliás a escolha mais acertada. Conseguiu uma meia-final, ficou a poucos décimos da final e, embora, como muitos têm dito por aqui, tenha sido "roubado" de provas em que também poderia ter obtido resultados de relevo, foi o único que melhorou os seus registos em ambas as distâncias que nadou. O seu treinador mais uma vez demonstrou que sabe muito bem o que faz, ele que já não precisa de dar provas a ninguém dos seus conhecimentos sobre Natação, mas "insiste" em continuar a fazê-lo, e que o diga a Daniela Inácio; é verídico isto: sob a sua tutela, todos têm os resultados para os quais trabalham nos treinos. E se sabemos que neste país os estudos universitários não facilitam a vida de um atleta, também sabemos que é possível contornar esse obstáculo. E parece que foi mesmo o que o Pedro conseguiu fazer, porque se pode ver claramente uma evolução muito positiva nos tempos de Dezembro, Março e Agosto. Tal como para a Joana, o próximo ano é ano de transição para sénior, e integrar a selecção absoluta também não me parece ser nenhuma miragem.


André Silva:
Eu não quero começar discussões acerca da competência do seu treinador, e prefiro manter-me neutro acerca desse assunto. Mas é que o André conseguiu uma meia-final e ainda só é júnior do primeiro ano. Os 200m correram mal, é verdade; desde Janeiro que já alguma coisa se passava com ele no que diz respeito a essa prova; mas nos 100m ele teve uma performance que poucos esperariam. Será que acontecerá o mesmo com o Tiago Venâncio daqui a uns dias? Notem o seguinte: estes três juniores que eu mencionei (e que são os que tiveram bons resultados nestes Campeonatos) são colegas de treino de nadadores que vão estar presentes nos Jogos Olímpicos de Pequim, isto é, os treinadores são exactamente os mesmos... Como eu disse, não quero levantar outra vez aquela velha conversa, mas penso que esta ideia é um bom objecto de reflexão.


Deixo aqui ainda uma mênção para a Maria Veloso, a quem correram mal os 1500m, mas ficou mesmo em cima do seu melhor aos 800m (com uma posição entre as 16 primeiras) e ainda conseguiu melhorar o seu tempo dos 200 na estafeta.


Quanto ao resto, sinceramente não sei o que aconteceu. Posso dar algumas razões possíveis, mas é-me difícil compreender como podem as provas ter corrido mal a quase todos de entre uma comitiva tão grande (e pelo que já se disse por aqui, este ano as condições foram bem boas). Talvez uns ainda não tenham experiência suficiente para saber como controlar a ansiedade competitiva, outros talvez tenham tido problemas de ordem externa (como académicos ou de saúde), outros talvez não estivessem mesmo na sua melhor forma, e ainda outros pura e simplesmente não tenham postura, atitude e comportamentos adequados à ocasião, como sabemos que infelizmente alguns atletas que vão às selecções por vezes tomam e que não ajudam nada à concentração.

quinta-feira, agosto 07, 2008 4:23:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

PARABÉNS AO MIGUEL ARROBAS QUE JÁ SUPEROU O DESAFIO

quinta-feira, agosto 07, 2008 5:13:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Tambem com as condiçoes que aquilo tinha não admira que os resultados fossem melhores

quinta-feira, agosto 07, 2008 7:36:00 da tarde  
Anonymous EU FUI said...

Gostava de deixar aqui bem claro que nao concordo, em nada, com a tese de que a seleccao nao teve espirito ou garra ou seja la o que lhe quiserem chamar. Teve tudo isso e muito mais. Ponto.

Na minha opiniao, que acredito contara mais do que a de quem ficou em Portugal, o facto de todos os nadadores {com excpecao de alguns nadadores, que por acaso melhoraram as marcas no europeu...} todos participaram no Nacional. Isto significa que tiveram um periodo de quase duas semanas sem treinar a serio, perdendo ritmo e forma fisica. O clima foi favoravel, a comida era boa, os transportes eram bons, o alojamento cinco estrelas e a garra esteve la toda - NAO NOS ENCOSTAMOS A BANANEIRA.

Muito obrigado, e espero sinceramente que para o ano que vem as coisas corram muito melhor.

quinta-feira, agosto 07, 2008 9:11:00 da tarde  
Anonymous Nadador said...

tambem com as condiçoes q os desportos tem (tirando o futebol)....
e dificil fazer bons resultados a nivel europeu e mundial!!!

quinta-feira, agosto 07, 2008 11:20:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Caro anónimo das 10:40, não me parece que generalizar dessa forma seja muito correcto, se calhar existem nadadores que querem ir para este tipo de provas para passear, no entanto, tenho a certeza que muitos deles querem participar e dar o seu melhor nas provas. Existem sempre situações que vão "estragar" a prestação dos atletas, e falo por experiÊncia própria, o que não significa que estejam presentes só para passear.

Se calhar um dos problemas é querermos tanto deles que colocamos o nível muito acima do que seria a realidade portuguesa, e em consequência minimos muito dificeis. Assim, se calhar alguns deles tenham qe estar em forma para conseguir minimos.

Parabéns a todos voces merecem lá estar

sexta-feira, agosto 08, 2008 12:13:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

É engraçado ver os vossos comentários, quase sempre a puxar para baixo, mas o que me parece é que farías melhor, não é anónimo das 10.40??!!!!!
Que pena não teres participado, pois poderíamos ver os teus tempos...

sexta-feira, agosto 08, 2008 9:11:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

EU FUI disse...

Gostava de deixar aqui bem claro que nao concordo, em nada, com a tese de que a seleccao nao teve espirito ou garra ou seja la o que lhe quiserem chamar. Teve tudo isso e muito mais. Ponto.

Na minha opiniao, que acredito contara mais do que a de quem ficou em Portugal, o facto de todos os nadadores {com excpecao de alguns nadadores, que por acaso melhoraram as marcas no europeu...} todos participaram no Nacional. Isto significa que tiveram um periodo de quase duas semanas sem treinar a serio, perdendo ritmo e forma fisica. O clima foi favoravel, a comida era boa, os transportes eram bons, o alojamento cinco estrelas e a garra esteve la toda - NAO NOS ENCOSTAMOS A BANANEIRA.

Muito obrigado, e espero sinceramente que para o ano que vem as coisas corram muito melhor.





Ora aqui está um atleta a denunciar a incompetência do seu treinador! A partir disto pensem o que quiserem.

sexta-feira, agosto 08, 2008 7:37:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Acho que o mario costa por se ter aproximado do seu melhor e a ana mendes por tb se ter aproximado do seu melhor e de ter tido o azar de dois 17º lugares também merecem menção honrosa.

sexta-feira, agosto 08, 2008 7:59:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Por favor vejam a informaçao que este menino tem no site dos jogos olimpicos mas especialmente a sua foto http://results.beijing2008.cn/WRM/ENG/BIO/Athlete/4/227104.shtml contudo ainda vai ser dos melhores resultados portugueses

sábado, agosto 09, 2008 3:48:00 da manhã  

Enviar um comentário

<< Home