quarta-feira, agosto 06, 2008

Os afogamentos são evitáveis!!!

Junto apresento apenas um excerto do Comunicado da Federação Portuguesa de Nadadores Salvadores, que fala das preocupaçõees com as constantes mortes em praias fluiviais e piscinas privadas de Portugal.

“Após mais um ano com trágicos acontecimentos de afogamentos nas praias fluviais e piscinas privadas em Portugal, onde muitos poderiam ter sido evitados com uma diferente estratégia portuguesa de prevenção do afogamento, julgamos ser necessário esclarecer algumas situações e deixar algumas ideias construtivas.”

- Ver Comunicado FEPONS completo

Etiquetas: ,

11 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Sem querer estar a generalizar, a verdade é que maioritariamente os nadadores salvadores deste pais apenas servem para andar a "queimar" o corpinho na praia e a fazerem-se às "gajas"... Digo isto porque ainda nao há muito tempo que numa folga minha tive de correr para a agua e evitar um afogamento tudo porque os nadadores salvadores da praia mal sabiam nadar. Serão os critérios de selecção, assim como a metodologia do curso a mais indicada? Cabe aos responsaveis analisar... os afogamentos acontecem ano apos ano...

quarta-feira, agosto 06, 2008 10:05:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Fzer 400m abaixo de 10 min.
Aguentar 30s debaixo de água
100m abaixo de 1.30 ou 1.40
Aguentar 25 submersos e trazer um boneco á superficie da água.

Com isto como poderá haver bons nadadores S. ?

J.P

quarta-feira, agosto 06, 2008 3:00:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ou pior, estar com fones e não ouvir ou não estar concentrado no que devia

quarta-feira, agosto 06, 2008 4:06:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Concordo plenamente com os dois anteriores comentários e mais digo que muitos dos nadadores salvadores presentes nas praias portuguesas não têm capacidade fisica de trazer uma pessoa qq da água...
Penso que a parte prática curso deveria ser revista bem como os pré-requisitos para se ser um Bom NADADOR SALVADOR

quarta-feira, agosto 06, 2008 5:49:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Boa noite.

A grande maioria dos nadadores salvadores .. é uma grande tanga...

Mal sabem nadar e como dizem atras ... e para andar atras das meninas na praia e levar uma "PIPA de DINHEIRO"

São mas uns grandes parvalhoes.

Já agora tb querem mandar nas piscinas particulares ... qualquer dia dizem que tem de se ter um nadador salvador em cada piscina particular.

Cada um é responsavel por si proprio.

quarta-feira, agosto 06, 2008 9:39:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

boa noite, sem querer criticar os nadadores salvadores porque a quem faca o seu trabalho e a quem nao faca dirijome aos banhistas... so se afogam praticamente porque querem, ora vejamos, plena costa da caparica, zona dos pontoes, com bandeira vermelha so se molham ate aos joelhos, os N.S. deixam isso, mas a quem queria sempre ficar sem pe... bandeira amarela, podemos ir mais a fundo, mas a quem queria ir para a zona de surfistas e etc... o problema nao e so os N.S. mas sim os senhores banhistas que nao sabem respeitar as regras da praia!...

muito obrigado

Ricardo Manso

quarta-feira, agosto 06, 2008 11:29:00 da tarde  
Anonymous contazulejos said...

Se é verdade que existem nesta profissão como noutras maus e bons profissionais, não é menos verdade que ser nadador-salvador não se resume (nem la perto) a ser bom nadador.
Posso afirmar por experiência propria que existem no nosso país excelentes instituições e profissionais ligados ao salvamento aquatico, pelo que achos despropositadas as generalizações anteriores.

quinta-feira, agosto 07, 2008 1:17:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Os juniores que foram a Belgrado deviam ler as recomendações dos nadadores salvadores. Talvez se afogassem menos...

quinta-feira, agosto 07, 2008 9:59:00 da manhã  
Blogger Luis K. W. said...

Por acaso, as únicas vezes que vi esta nova geração de nadadores-salvadores a ter de entrar em acção, fiquei muito bem impressionado.
Ao mínimo sinal de alarme VOARAM dos seus postos de observação e nadaram que nem "Thorpes" com as suas boias-torpedo (estavam na moda) até chegar à pessoa que estava em dificuldades.

Ainda há 15 ou 20 anos, eu chegaria lá muito antes de qualquer nadador-salvador. Aliás, «salvei» vários na C.Caparica e até um na piscina do Areeiro (juro!).

Recuando ainda mais no tempo, lá para 1971, estiveram em Portugal uns nadadores-salvadores australianos que nos vieram mostrar como utilizavam as enormes pranchas de surf para recuperar os potenciais afogados.
Aos meus jovens olhos ressaltou:
1. Aquilo era, para nós, pouco prático porque NÃO HAVIA PRANCHAS DE SURF EM PORTUGAL (e agora temos dos melhores surfistas do Mundo!);
2. Os gajos eram todos LATAGÕES, maiores que qualquer nadador português da altura (tirando o J.H. Fuentes Gomes Pereira, o Rosa Jorge, o Pedro Ponce ou o Brito Rosa que eram, na altura, os mais crescidinhos).

Alguém da organização lembrou-se de pôr uns nadadores-salvadores lusos a mostrar as suas habilidades. Tenho a certeza que escolheram os melhores. Apareceram un tipos com uns 60 anos, com cerca de 1,60m, desdentados, que faziam a vigilância das nossas praias nos arredores de Lisboa.
O contraste era chocante.
Nunca me esquecerei dos ridículos exercícios de aquecimento, e o nadar à cão...

Se vocês acham que os actuais nadadores-salvadores são maus, haviam de ver os de há 40 anos (o que não quer dizer que, HOJE, não devamos exigir mais rigor)!

No entanto, quanto mais penso no assunto mais me parece que aquela malta de antigamente, sem formação, sem equipamento adequado, sem direito a reclamar melhores condições, merece a nossa admiração.

Luís

quinta-feira, agosto 07, 2008 10:09:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Generalizando obviamente q é tanga

Já o fiz há muitos anos, em Albufeira e sem qualquer curso....era novo, e não pensava!!
Os cursos, tipo CPR da American Red Cross etc etc, tirei-os mais tarde
Ei!!! sabia nadar..já não era mau d todo

Dormia em condições pessimas dentro d baraca dos colchões, sem ventilação nem espaço ......era novo, não pensava!!
A solução q arranjei foi, só sair das discotecas d manhã..hehehe!!!

...mas atenção!! a 'velha guarda' tinha malta com muita experiencia (muitos deles, pescadores)
....e hoje em dia tb há grandes profissionais..

... quanto aos banhistas (kids) ...existem muitas negligencias por parte dos pais/acompanhantes ....quanto aos restantes adultos, existem sempre os espertalhões que arriscam ...e só quando a corrente começa a puxar pra longe, é q s lembram do Divino.
..mas tá melhor..nada q s compare a 20 anos atrás

há mais informação, e a malta vai aprendendo.

por exemplo>> eu dantes ..tinha a mania d nadar até q não m conseguissem ver d praia....era uma sensação de liberdade estar bem longe....não pensava em má disposição, caimbras, 'inimigos' aquáticos etc ....era novo, não pensava!!

Hoje, nado a mesma coisa (quase), mas no sentido paralelo á praia....
Daqui a 20 anos, nado na poça q a maré deixou depois d vazar.

resumindo>
Na precaução é q está o bom senso

fmaster

quinta-feira, agosto 07, 2008 11:39:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Os cursos de nad salvadores sao fraquissimos mas isso nao e o pior! O pior e que o inst de socorros a naufragos nao quer perder essa mama e como tal nao permite que outras instituicoes formem nad salvadores. Essa e que e a verdade meus senhores

quinta-feira, agosto 07, 2008 11:17:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home