sexta-feira, agosto 15, 2008

Pontuações do Jogo BA – Dia 6

Decorreu esta madrugada a quinta sessão de finais em Pequim com os 200B femininos, 200C masculinos, 200E masculinos e 100L femininos.

O líder ao sexto dia continua a ser o apostador n.º 114, Carlos Correia CNMA (nadador master de 56 anos) com 146 pontos e todos os 8 jokers bem utilizados (Phelps 400E, Rice 400E, USA 4x100L masculinos, Phelps 200L, Jones 100B, Phelps 200M, Rice 200E e USA masculinos 4x200L). Sem mais jokers para bonificar vamos ver onde termina este apostador até agora líder incontestado.

Na 2ª posição aparece agora o apostador n.º 75 Ricardo Varela CNS (nadador de 18 anos) com 144 pontos e todos os 8 jokers bem utilizados (Phelps 400E, Rice 400E, 4x100L masculinos, Phelps 200L, Phelps 200M, USA masculinos 4x200L, Kitajima 200B e Phelps 200E).

Na 3ª posição também continua a aparecer o apostador n.º 197 Rosa Moreira de Gaia (pai de nadador de 57 anos) com 139 pontos e todos os 8 jokers bem utilizados: 7 correctos (Phelps 400E, Phelps 200L, Jones 100B, Phelps 200M, USA masculinos 4x200L, Kitajima 200B e Phelps 200E) e um errado.

O Beba Água está em 57º com 122 pontos e 5 Jokeres (2 errados!!!)… ainda vão haver muitas mudanças na liderança, já que já foram disputadas 24 das 34 finais em disputa.

- Pontuações: Dia1 / Dia2 / Dia3 / Dia4 / Dia5 / Dia6
- Lista das 221 inscrições no Jogo BA Pequim 2008
- Apostas dos 221 apostadores no Jogo BA Pequim 2008
- Posts sobre prémios: NIZport / FPDD / GoldNutrition / LusoSwim
- Posts BA de esclarecimento: Regras / Bonificações / Prazos
- Tabela Final dos Prémios do Jogo BA Pequim 2008
- Regulamento do Jogo Beba Água Pequim 2008

Etiquetas: ,

19 Comments:

Anonymous Anónimo said...

O atletismo também dá cada desculpa mais esfarrapada! uma já nem vai aos 5000 depois de falhar os 3000 obst porque diz que estão muitas africanas, como se não soubesse à partida; o outro piora 2mts no lançamento; o outro diz que está contente com 20º e diz ser a sua melhor marca do ano!
7 participações sem nenhum rec pes e apenas o francis a passar às meias.

sexta-feira, agosto 15, 2008 8:38:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

BA, 8 jokers bem utilizados: 7 correctos e 1 errado?...

Já agora, não vão haver mudanças na liderança... vai haver mudanças na liderança.

sábado, agosto 16, 2008 12:43:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

BA, sabes onde vao ser os campeonatos de juniores para o ano?

domingo, agosto 17, 2008 7:07:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Dois dias para postar ?!
Demora as pontuações de à DOIS dias a aparecer?????

domingo, agosto 17, 2008 9:27:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

boa tarde, necessito de um eslcarecimento: quais as dimensões minimas de uma piscina para um jogo de polo, por ex. da piscina dos jogos de Pequim? é possivel um jogador de polo ter "pé" na piscina? quando se vê a sustentação fora de água, por ex quando festejam golos é treino e força de pernas ou porque estão em contacto com o fundo.
grato pelos esclarecimentos.

segunda-feira, agosto 18, 2008 3:29:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Vanessa Fernandes acusa atletas de desconhecerem o significado de alta competição
A vice-campeã olímpica de triatlo Vanessa Fernandes considerou hoje que há atletas portugueses que ...

SportInveste Multimédia
A vice-campeã olímpica de triatlo Vanessa Fernandes considerou hoje que há atletas portugueses que desconhecem o significado de viver em desporto de alta competição, como em Pequim'2008. "A alta competição não é brincadeira nenhuma. Não é fazer meia dúzia de provas, andar a receber uma bolsa e está feito. Muitos não vêem bem a realidade das coisas. Não têm a noção do que isto significa. Se calhar por termos facilidades a mais", criticou. Quando vários elementos da Missão de Portugal nos Jogos Olímpicos têm dado as mais diversas e originais desculpas para o falhanço desportivo, a medalha de prata faz questão de se distanciar de alguns comportamentos. "Nunca na vida vinha para aqui para viajar e ver os Jogos. Para isso não vinha. O meu pensamento nunca foi assim", vincou, defendendo, em tom de brincadeira, que no fim dos Jogos Olímpicos se deveria fazer a avaliação a cada atleta. As declarações de Vanessa Fernandes surgem no mesmo dia em que o presidente do COP, Vicente Moura, pediu "profissionalismo e brio" aos atletas. A atleta do Benfica citou exemplos de falta de ambição: "É que há pessoas a quem lhes é igual ficar em 50º ou 20º ou o que quer que seja. Nunca pensaria assim. Até ficava desiludida se pensasse dessa maneira. Os resultados é que me dão ambição para fazer melhor para a próxima. E nunca estou satisfeita". Vanessa Fernandes diz que muitos não entendem o que é a alta competição: "É como um trabalho. Tem de ser feito. Devemos trabalhar para o que fazemos, no meu caso o triatlo. Há dificuldades em Portugal em entender isso". "Na alta competição deve haver objectivos concretos, pessoas em quem confiar a 100 por cento e nunca fazer as coisas só por si próprias. Ter sempre uma boa equipa, saber o que se quer, onde se está e o que significa alta competição", reforçou. A vice-campeã olímpica considera que às vezes não há pressão suficiente sobre os atletas no sentido de os fazerem perceber a realidade, "o que é pena, pois temos muitos talentos". "No atletismo, natação... o Tiago Venâncio, para mim, podia ser um grande atleta. Mas não há uma estrutura fixa nestes sectores, é tudo à balda, o que é pena", exemplificou. Do lado oposto, destacou o "trabalho e procura dos limites" no quotidiano de atletas da estirpe de Naide Gomes e Nelson Évora. Vanessa Fernandes considera mesmo que os actuais atletas são "privilegiados" e falou do seu caso, onde conseguiu tudo o que queria em termos de descanso, alimentação, treinadores, equipa de treino e apoio da família e amigos: "Que mais posso querer?". "Nos tempos do meu pai (Venceslau Fernandes, vencedor da Volta a Portugal em bicicleta em 1984) poucos eram capazes de competir assim. Era trabalhar para ganhar dinheiro e treinar por gosto. Admiro-o por tudo o que conseguiu como desportista, pois na altura não havia condições", disse. Esse é um dos motivos pelos quais também dedica a medalha ao pai: "É uma homenagem ao trabalho que fez, ao que competiu e às dificuldades que passou. Tudo o que conseguiu e me deu. Agora retribuo com esta medalha".



O comentário sobre o Tiago Venâncio não fui quem o fez

segunda-feira, agosto 18, 2008 4:11:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

http://jn.sapo.pt/Dossies/dossie.aspx?content_id=981436&dossier=Jogos%20Ol%EDmpicos%202008

...referiu Vanessa, chegando a dar um exemplo concreto do que estava a falar: "O Tiago Venâncio, para mim, podia nadar muito e podia ser um grande atleta, mas não há uma estrutura fixa nesses sectores. É tudo feito um bocado à balda".

terça-feira, agosto 19, 2008 7:33:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Brito deixa de chular a natacao, os atletas; os pais dos atletas. Poes tudo em cheque, toda a natacao portuguesa, todos os que trabalham seu parasita.

Ate a Vanasse fala...e com toda a razao.

Deixa de xular o Palmela, a FPN, o Estado.

Vergonha!!!!!!!

terça-feira, agosto 19, 2008 7:39:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Viva!
Todos meremos férias, claro, mas, com o Jogo BA relativo à natação em Pequim a decorrer, o pessoal esperava a actualização das pontuações... Mas a última já foi feita após o 6.º dia, tendo havido mais 2 dias de natação pura e amanhá já há águas abertas...

terça-feira, agosto 19, 2008 6:14:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

BA podes me indicar pff onde posso encontrar os resultados de castelo de bode 07? obgd e abraço

terça-feira, agosto 19, 2008 7:35:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bebagua...

Quando é que poes as novas classificaçoes?

terça-feira, agosto 19, 2008 7:56:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o qie q se passa pro jogo nao estar actualizado?!

terça-feira, agosto 19, 2008 10:22:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A Vanessa Fernandes foi a Pequim para ganhar a medalha de ouro ou para dizer mal dos colegas? se ela acha que os olimpicos portugueses foram "passear" a Pequim ela deve ter ido a Pequim descansar do passeio que fez aos mundiais no Canadá
O nível dos atletas vê-se nas diversas facetas da vida. Enquanto uma Rosa Mota ou um Carlos Lopes não criticam os colegas e mais uma vez demonstram ser verdadeiros campeões, uma qualquer atleta de nome Vanessa Fernandes esquece de olhar para o espelho e critica os colegas que não fizeram menos que ela há menos de um mês no Canadá nos campeonatos do mundo.
Vergonhoso esse comentário dessa figurinha ao referir-se a quem deu o seu melhor apesar das coisas não terem corrido como era de esperar.

quarta-feira, agosto 20, 2008 3:25:00 da tarde  
Anonymous sovisto said...

Anónimo das 3:25, então consideras vergonhoso o comentário da Vanessa?
No meu ver, as verdades são p ser ditas e ela certamente vê o q tb já vi. Há atletas q pela start list se encontram longe dos primeiros lugares e à partida entram logo no esquema de passear e considerar "apurei-me p os JO e já é 1 feito p poucos". Perante isto, coloco-lhes uma placa na testa a dizer "BURROS!". Primeiro queixam-se de ter poucas competições internacionais e quando surge os JO "siga lá tirar umas fotos p pôr no Hi5".

Podem queixar-se sobre determinados apoios, mas só continua quem quer, e se continuam então têm de assumir a responsabilidade dos actos.

Não tomem a parte pelo todo! Foram p lá 70 e tal atletas portugueses e estamos a "mencionar" uma parte.

Se, como atletas, pais e dirigentes, kerem continuar a brincar c a alta competição, então siga lá enterrar a mentalidade mediocre dos portugueses.

quarta-feira, agosto 20, 2008 3:48:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A vanessa fernandes fala muito mas nem está na aldeia olimpica como os restantes atletas, mas sim num hotel à parte e acompanhada do treinador.

quarta-feira, agosto 20, 2008 8:06:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

GLÓRIA aos vencedores HONRA aos vencidos

A Vanessa esteve no seu melhor por duas razões uma brilhantemente pela conquista da prata, outra infelizmente pelas piores razões a crítica avulsa e extemporânea aos seus pares.Aconselho a Vanessa a ouvir as declarações de outros atletas medalhados nomeadamente da natação em que as palavras 'divertir' 'desfrutar' são utilizadas por aqueles que para além de serem grandes atletas são em primeiro lugar pessoas.Sem dúvida que a Vanessa cresceu exponencialmente como atleta infeizmente não posso dizer o mesmo da sua evolução como pessoa.Vai Vanessa ainda vais a tempo de grangear a amizade dos teus colegas e o respeito dos teus adversários.

quarta-feira, agosto 20, 2008 9:39:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Isto é um problema duplo, nestes jogos olímpicos alguns atletas deixaram a desejar em termos de empenho e profissionalismo, comportaram-se em alguns casos mesmo de forma desleixada. Mas atenção, exigir profissionalismo de atletas a quem não são dadas as mínimas condições para serem profissionais também não pode ser. A Vanessa só disse aquilo que a maioria do país pensa. O triatlo tem estrutura tem organização tem atletas com talento, as coisas correm bem, não só a Vanessa mas também ao Bruno Pais que ficou em 17º se pensarmos que à 4 anos nem se quer havia atletas portugueses a participar é bom resultado. Nos outros desportos onde está a estrutura? a organização? a naide gomes ou o nelson evora são resultados de que trabalho de formação? e os seus sucessos geraram condições para surgir outros atletas de valor na mesma modalidade? Em Portugal são raros os casos em que se aproveita o talento de atletas impares de forma a conseguir gerar mais resultados e assim vamos vivendo da esperança q surja por magia mais uma campeão do mundo de triplo salto, mas pistas para treinar no inverno não temos, vivemos do talento. Depois temos os casos em que há talento há condições médias, ao que parece não há muito trabalho (Tiago Venâncio) e não venham já insultar que aquilo que se passou nos jogos foi muito mao, mas a culpa não é só dele, em muitos casos o trabalho não é feito de uma forma séria isto é um síndrome do país em tudo, e depois ai de quem venha exigir a excelência aos atletas, nós em Portugal só podemos ser pedir pa serem bons se pedimos pa serem os melhores, somos uns gandas arrogantes, que andamos aqui só pa criticar, enfim também tenho os meus desabafos não és só tu vanessa

quarta-feira, agosto 20, 2008 10:27:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Campeões comportam-se como campeões. Mediocres comportam-se como mediocres.
Phelps não disse mal de colegas americanos recordistas do mundo que não passaram das eliminatórias. Vanessa Fernandes foi a Pequim dizer que outros foram passear a exemplo do que ela fez no Canadá.
As diferenças notam-se

sexta-feira, agosto 22, 2008 8:59:00 da manhã  
Anonymous sovisto said...

Anónimo das 8:59 ainda bem q vestes bem o chapéu da mediocridade.

1) Sabes distinguir n passar das eliminatórias por falta de atitude ou por aspectos externos à atitude em competição?

2) Nunca a ouvi criticar alguém por n passar das eliminatórias pura e simplesmente. Fica mal aproveitar frases e acrescentar-lhe 1 ponto.

3) Ela foi ao Canadá passear? Sabes alguma coisa de treino, fadiga e outros aspectos intrinsecos ao treino? Estou certo que n. Mais 1!

4) Ainda bem q ela foi passear nas 20 vitórias em Taças do Mundo.

5) As diferenças notam-se mesmo nas palavras e nos actos.

Não sou defensor de ninguém mas sei interpretar algumas palavras. Nem tudo o que dizemos é correcto e n a condeno por isso, mas q tem razão em muita coisa q diz lá isso tem

segunda-feira, agosto 25, 2008 3:48:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home