sexta-feira, julho 28, 2006

Lurz faz dobradinha

Depois de na 4ª feira ter ganho os 10km, ontem voltou a sagrar-se campeão da Europa, desta vez na prova dos 5km. Este alemão nascido em 1979, que já tem um vasto currículo em águas abertas onde se destacam os títulos mundiais de 2004 nos 10km e em 2005 nos 5km, mostra-se como um dos maiores competidores nesta disciplina da natação. Será a par do americano Chip Peterson um dos favoritos para os 10km olímpicos em Pequim 2008.

Mas não se pense que Lurz apenas nada em águas abertas, descubra os seus melhores tempos em piscina. Por exemplo, em piscina longa nos 800L faz 7:57.81 e aos 1500L 15:00.90, faz ainda 1:54.12 aos 200L, e talvez por tudo isto se perceba que é muito difícil ganhar-lhe na ponta final das provas de águas abertas.

No 2º lugar masculino ficou o seu compatriota, que já não véspera tinha feito 3º nos 10km, Christian Hein. A prova feminina voltou a ser muito disputada com as 9 primeiras a chagar em menos de 20 segundos. A checa Pechanova voltou a repetir o 3º lugar do dia anterior, enquanto que a prova, tal como no masculino, foi ganha por uma alemã - Ângela Maurer.

Resultados:
MAS (5km): 1º Thomas Lurz GER 56:00.1, 2º Christian Hein GER 56:01.1, 3º Simone Ercoli ITA 56:01.8
FEM (10km): 1ª Ângela Maurer GER 2h07:10.8, 2ª Rita Kovács HUN 2h07:14.3, 3ª Jana Pechanova CZE 2h07:15.6

Etiquetas:

3 Comments:

Blogger Duarte Mendonça said...

Ganda animal, este T. Lurz. Mto interessante a pesquisa disponibilizada pelo B.A. dos seus tempos de piscina longa e curta.

É certo q o duelo c o Chip Peterson será previsível, aguardado e muito interessante, mas acredito q existam + atletas c capacidade pra ser intrometer nesta disputa.

Esta disciplina, pela variabilidade que encerra, em que cada disputa tem a sua história não é decididamente tão previsível como dizer q o Hackett é o vencedor antecipado dos 1500 L em piscina. O q torna a disputa bem mais imprevisível e consequentemente espectacular.

As variáveis são mtas mais (entrar no grupo certo, estar bem posicionado p o sprint final, rondar a bóia no lugar mais vantajoso, etc.), e por certo, acontecerão surpresas diversas, como acontece não raras vezes no triatlo, onde mesmo nas grandes competições surgem atletas a vencer que, sendo de excelente nível, não eram à partida os favoritos.

sexta-feira, julho 28, 2006 11:17:00 da manhã  
Blogger JPM said...

Curiosidade:

Fernando Costa teve uns duelos interessantes com o alemão nos JO 2004...

sexta-feira, julho 28, 2006 3:08:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

um verdadeiro animal!
e ainda vai tentar uma medalha nas provas de piscina... nos 1500L está com o 4º tempo de inscrição...

realmente nos JO de 2004 n esteve no seu melhor e perdeu mesmo para o Fernando Costa, mas atenção k ele está agora a valer menos 30 segundos nos 1500...

sexta-feira, julho 28, 2006 4:12:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home