sexta-feira, outubro 27, 2006

Entrevista a Joana Escária

Entrevista realizada pelo Beba Água (BA) no dia 27/10/2006 a Joana Dias Escária (JE), atleta que acabou de deixar a natação. A jovem nadadora esteve em destaque no Meeting de Bordéus onde bateu o recorde nacional júnior dos 50C.
No Multinations Júnior do Funchal obteve 2 vitórias individuais e um segundo lugar. Foi ainda 3 vezes campeã júnior no nacional de Inverno e duas vezes em absolutos no nacional de Verão. A atleta venceu ainda os 50C no Open de Portugal.
Joana foi desde sempre nadadora do AMINATA – Évora Clube de Natação onde aprendeu a nadar aos 9 anos de idade. Hoje tem 16 anos (nasceu em 31-01-1990), 1.63m, 60kg e estuda no 11º ano de Ciências Sociais e Humanas na Escola André de Gouveia, em Évora.

BA: Já conhecias o blog do Beba Água? Desde quando?
JE: Há cerca de um mês atrás. Foi a Susana Miguel que me disse.
BA: E o que pensas deste espaço?
JE: Acho que é um óptimo blog para quem quer saber mais sobre natação e está muito bem construído e organizado.
BA: Passando rapidamente ao motivo desta entrevista: Vais mesmo desistir da Natação?
JE: Vou
BA: Porquê? Quais são os motivos principais?
JE: Existem vários motivos que me levaram a tomar esta decisão, não foi uma coisa que decidi de um dia para o outro, mas os principais problemas são com o clube e atletas do Aminata e a falta de competição na Associação do Sul.
BA: Achas que a separação da Associação do Sul com a do Algarve prejudicou a natação em Évora e no Alentejo em geral?
JE: Sem dúvida alguma. A natação no Alentejo ficou muito prejudicada. As provas eram com 4 ou 5 clubes e os atletas eram sempre os mesmos… ficou tudo muito repetitivo!
BA: Falaste em problemas com o clube e outros atletas? Estás a falar de dirigentes e treinadores? E de colegas de equipa? Que se passou realmente?
JE: O grupo mudou, eu estava habituada a treinar com os seniores e no ano passado como foram estudar para fora de Évora, desistiram da natação. Então, tive que me adaptar num grupo novo que, em parte por culpa minha, não me consegui integrar. Com o clube de ano para ano comecei a ficar desiludida com a falta de apoio que me davam. Por exemplo, eu nos Nacionais e provas de grande importância onde tinha excelentes resultados e às vezes até batia um recorde nacional, nem recebia os parabéns. Comecei a ficar magoada com o clube.
BA: Mesmo sendo uma das melhores nadadoras de Portugal, várias vezes campeã nacional de escalões e absolutos, não consegues manter a motivação para continuar?
JE: Eu já era para ter desistido no ano passado. Mas, por esses factos que apresentaste, a motivação ajudou-me a completar a época. Mas eu sabia que não aguentava outro ano igual.
BA: O facto de não teres participado no Campeonato Europeu de Juniores em Palma de Maiorca pesou muito nesta decisão?
JE: Teve alguma influência mas não foi muita. Eu sabia que era difícil fazer os mínimos e nas provas em que, supostamente, devia estar em boa forma para tentar alcançar os mínimos nadei com um problema no pulso esquerdo o que me impediu de fazer os treinos como o meu treinador tinha planeado. Por isso eu sabia que ia ser difícil alcançar os mínimos.
BA: Mas tinhas na cabeça tentar obter os mínimos? Esse campeonato era visto como o ponto mais alto da tua carreira?
JE: Claro que eu tinha como objectivo tentar fazer os mínimos. Eu esperava que fosse o ponto mais alto na minha carreira. Nos Europeus de Budapeste do ano anterior, como estava um pouco nervosa pela importância da prova não consegui dar o meu melhor e esperava que nos Europeus de Palma de Maiorca, como já tinha mais experiência pudesse obter excelentes resultados
BA: E sonhavas com objectivos maiores e a longo prazo, já a nível absoluto?
JE: Acho que todos sonhamos com esses objectivos. Por exemplo, sonhando muito alto, ir aos Jogos Olímpicos. Faz bem sonhar alto, faz-nos trabalhar mais. Mas se por acaso não conseguimos alcançar esses objectivos não podemos desanimar, mas sim voltar a tentar. Gostava de participar sempre na Selecção Nacional, e se fosse possível chegar aos 55s a livres e a 1.00s a mariposa, em piscina de 50metros.
BA: 55 aos 100L?
JE: Sim
BA: Achavas mesmo possível chegar a esse nível? Relembro que o recorde nacional está em 58.06 da Filipa Silva da Amadora na época passada.
JE: Estava só a sonhar! Claro que sei que é bastante difícil, mas não impossível. A mim ajuda-me ter objectivos muito altos, mesmo que não os consiga cumprir vale a pena tentar. São estratégias de motivação!
BA: E mesmo com estratégias de motivação dessas, como tens “coragem” de desistir? Não pões a hipótese de ainda este ano ires viver para Lisboa, por exemplo, para voltar a nadar? Numa equipa de topo, com melhores condições e competitividade…
JE: É difícil por essa hipótese, eu tenho apenas 16 anos, não posso simplesmente deixar a minha família, amigos, escola. Se eu tivesse 18 talvez, mas nesta altura é muito improvável.
BA: Estás a pensar continuar a praticar desporto? Qual? Ou vais-te dedicar aos estudos?
JE: Agora estou numa equipa de voleibol, nada muito sério. Mas como treinamos apenas 3 vezes por semana dá perfeitamente para me dedicar aos estudos e fazer o que mais gosto, que é competir.
BA: Qual o curso que queres tirar? Já estás decidida?
JE: Ainda não me decidi, para o ano é que vou pensar mais seriamente nesse assunto.
BA: Voltando um pouco atrás e ao tema da tua Associação: Quais são as causas que apontas para a natação da ANSul ter tão pouco protagonismo?
JE: Depois da separação da Associação do Sul e a do Algarve, a associação quebrou muito a nível competitivo. Gosto de pensar que esta situação vai mudar, mas causas não aponto, prefiro pensar como se fosse um novo clube que surgiu e que precisa de um certo tempo para se integrar.
BA: Mesmo com a estratégia de associar os vossos Campeonatos Regionais aos da ANDPortalegre, os ganhos foram reduzidos. Concordas?
JE: Não adiantou de muito, foi uma estratégia falhada.
BA: Soluções para o futuro, és capaz de apontar algumas?
JE: É difícil... não estou muito dentro do assunto. Mas para mim acho que a arbitragem podia ser melhorada. Por exemplo, há provas com poucas séries e que demoram imenso tempo o que como é óbvio afecta a concentração dos atletas. Perde-se o espírito competitivo.
BA: A tua decisão de desistir é irreversível, mas vais continuar a ter atenção à natação? Vais procurar pelos resultados das provas e ler este blog? Ou vais-te desligar completamente?
JE: Não me vou desligar completamente! Foi um período muito importante na minha vida, é impossível afastar-me completamente. Eu mantenho o contacto com alguns atletas de outros clubes que me vão dando notícias e resultados. E agora como já sei da existência do blog, de vez em quando vou lá ler alguma notícia que me interesse.
BA: Para terminar, queres acrescentar alguma coisa? Ou deixar alguma mensagem aos visitantes deste blog.
JE: Claro! Primeiro para continuarem a visitar o blog que é muito interessante. E segundo gostava de agradecer às pessoas que me apoiaram sempre na natação, principalmente ao meu treinador António Pires e à Susana Miguel, que foram as pessoas mais importantes para mim nesta fase da minha vida. Espero que eles não fiquem nem tristes nem desiludidos com a minha decisão.
BA: Obrigado pela tua disponibilidade. Boa Sorte para o futuro.
JE: Obrigada! Eu é que agradeço por ter uma oportunidade para me explicar.

Etiquetas: ,

47 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Força Joana. Grande atleta

sexta-feira, outubro 27, 2006 4:25:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

Muitas conclusões a tirar, por parte de quem tem responsabilidades, das sábias palavras desta jovem atleta.

Se já é negativo constatarmos q são muito poucos os atletas do interior do país q em clubes de reduzida dimensão conseguem afirmar-se na natação portuguesa a nível absoluto (a Joana era praticamente a única), mais triste é ver q as coisas têm este desfecho por motivos tão estúpidos como a falta de acompanhamento ou o desinteresse dos dirigentes, ou a falta de uma equipa adulta q, mesmo não sendo de topo em termos competitivos, enquadre - como grupo - uma atleta deste nível.

Não podia terminar sem deixar uma piadinha: não será possível a FPN convidar o Prof. Paulo Cunha (o tal a quem deram uma medalha de reconhecimento pelos serviços prestados) e reactivar o CAR?:)

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:04:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

Susana Miguel,
Não a consegues convencer a vir nadar para Lisboa? O CNA iria agradecer…

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:11:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não podia terminar sem deixar uma piadinha: ...E o Duarte Mendonça também iria agradecer que ela fosse para a Amadora!

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:44:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

Não me lembrei dessa, mas tá bem visto ;)

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:46:00 da tarde  
Anonymous Maria CNF * said...

Tenho pena q deixes a natação, Joana.
Es uma grande nadadora !
Mas pronto, s e isso q qeres, força :) Beijinhos *

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:53:00 da tarde  
Anonymous contazulejos said...

A sério...
Joana, até podes tirar umas férias, mas volta....quando te der na gana

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:54:00 da tarde  
Anonymous Doctor House said...

É sempre uma pena ver abandonar atletas desta valia.
Mas compreende-se. Em qualquer desporto tem de haver alegria na sua prática. A natação envolve muitos sacrificios, mas nunca pode ser considerada um sacrificio para o nadador.
Mas este fenómeno não é só de pequenos clubes ou do interior. Mesmo nos grandes, volta e meia há períodos e escalões (principalmente a partir dos 14 anos) em que os grupos ficam de dimensões reduzidas.
Enfim.. É o tal problema..Os atletas olham para o futuro e não vêm grandes compensações.
Neste caso, ficamos na esperança que se trata apenas de uma paragem temporária. É que às vezes o bichinho é mais forte que tudo o resto.

sexta-feira, outubro 27, 2006 5:55:00 da tarde  
Anonymous Susana M. said...

Eu já ofereci a minha casa para ficar e tudo mais à Joana. :)

Apesar de ficar triste com a tua saida, como tu bem sabes, apoio-te totalmente porque acima de tudo acho que é importante ter alegria e motivação no que se faz, ainda mais quando é uma actividade que exige tanto esforço como a natação de competição. Sei o que sofreste e o que lutaste durante estes ultimos anos e dou-t os meus parabens por tudo o q fizeste, e por qem és. :D
Só espero que agora te tratem como tu mereces... nao só como atleta, mas principalmente como a GRANDE pessoa que és. Um grande beijinho, e tudo de bom.
[Mas nao penses q t livras assim de mim... aquele f-d-s continua marcado! ;) ]

Beijinhos

sexta-feira, outubro 27, 2006 9:03:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Sim no CNA!!!!!!!

É a única - ou quase isso - a nível nacional a ter lugar naquela equipa.

sexta-feira, outubro 27, 2006 9:14:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Espero que seja uma paragem temporaria e que venha pa lisboa pa um clube a serio...n digo necessariamente o cna mas sem duvida que era o melhor para ela se integrar e evoluir...

Tira umas férias...faz sempre bem em algumas alturas da vida mas volta pk ainda tens muito para dar a natação.....e volta rapido que pequim já está quase!!!!!

sexta-feira, outubro 27, 2006 10:16:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Fiquei suprendido pela saída da Joana Escária, pela pessoa que é (muito forte), embora não a conheça pessoalmente..

Aqui vai a minha opinião, por mais estúpida ou parva, que seja:

O factor que eu destaco mais na entrevista.. A do grupo(!!) é das mais comuns entre clubes de pequenas dimensões e com um nível competitivo fraco dentro da sua associação..
Não é preciso procurar muito para ver inúmeros casos iguais.. embora não se note muito, pois são clubes sem muita expressão a nível nacional..
Além disso, muitos desses clubes mantém-se no activo por um grupo de pais de nadadores que SÃO a direcção.. quando os seus filhos saem da natação a desmotivação apodera-se e o clube continua com muita dificuldade, pois já ninguém quer perder horas de sono e férias com a burocracia do clube ou a levar atletas às provas ou treinos..
(ainda por cima, pais que apenas estavam ligados à natação pelos filhos - ou seja nunca nadaram ou algo parecido, por exemplo)

Penso que em Portugal existe um sério problema em relação a clubes, como estes, clubes pequenos, pois.. não conseguem manter-se com um nível competitivo e com um bom número de atletas a praticarem a modalidade por muito tempo..
Muitos desses clubes apareceram devido às inúmeras piscinas novas pelo país.. sendo a natação, na altura, uma novidade.. o contacto com o desporto foi rápido e com muitos aderentes iniciais..
Os problemas com as câmaras, ou entidades privadas reguladoras da piscina (que pouco fazem para atrair atletas, ou melhor ainda, os desmotivam com fracas condições em espaço novos, pois o seu objectivo é o máximo lucro..), torna-se um dos factores principais do fim desses clubes (o AMINATA até tem piscina própria..)

Nesses clubes, o sucesso, vem de um grupo de atletas, normalmente da mesma idade, que são amigos dentro e fora de água andam na mesma escola..
E criam uma 2ª verdadeira familia dentro da natação que leva, depois aparecem atletas mais jovens a seguirem-lhes o exemplo, talvez tenha sido esse o caso de sucesso da Joana Escária, não?
Claro, que com a desistência desses nadadores mais velhos, a desmotivação aumente drasticamente..

Podiamos ter muitos nadadores com um nível competitivo quase tão bom como o da Joana Escária nesses clubes, não acham?
E quem sabe manter esses grandes nadadores..

(basta comparar o nível entre as associações)

João Pedro Matos
P.S: Duarte.. já me comentavas isto.

sexta-feira, outubro 27, 2006 11:10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ui...susana miguel a oferecer estadia à joana escaria. aí está a metodologia amadorense em acção ;)
quem terá oferecido estadia à susana miguel?

sexta-feira, outubro 27, 2006 11:32:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

estimada Joana foi com muita tristeza que fiquei a saber deste teu afastamento ,espero que seija curto pois nota-se a tua falta nas piscinas e como é que volto a pedir-te para pores um sorriso.
Sertamente já reparaste quem te está a mandar eata mensagem.

Beijos para a minha amiga sisuda

sexta-feira, outubro 27, 2006 11:56:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

anonimo das 11 32.cala.te crl.n fales do k n sabes.elas sao mt amigas.
deixa t dessas merdas de dor d coto.
kuais metodologias amadorenses.apanha juizo e aparece depois

sábado, outubro 28, 2006 12:08:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

cheira.m a treta... grupo e tal... tantos e tantos nadadores que treinam sozinhos...em clubes pekenos... e n e por isso k desistem. s m disserem k ela viu k eventualmente cm a sua estatura,cm as condiçoes k tinha etc n chegaria aos seus 55... (parece.m impossivel) e arrumou a barbatana. isso acredito

sábado, outubro 28, 2006 1:45:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o anónimo (11:32 PM) se soubesse minimamente do q fala... saberia q a susana demora cerca d 30min (no máximo) do CNA até casa, usando transportes publicos!!
Dmora menos do q alguns atletas que vivem em lisboa, logo a unica estadia é oferecida pelos pais da susana!

sábado, outubro 28, 2006 5:47:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

É penoso, diria mesmo inadmissivel!!
Temos uma atleta que vai buscar a sua motivação à "imaginação"...
que andam a fazer os dirigentes do seu Clube!?
a sua Associação?! Juntar a Portalegre?? o QUÊ?? isso existe??... trocos espanhois??
Valores como este não se guardam para engrandecer aquilo que é dirigido por pessoas pequenas...
Vamos lá a trabalhar como deve ser:
1º Não a obrigarem a cumprir o vosso Calendário de provas!! Procurem sempre as provas com competitividade onde quer que sejam...
2º Se tiver que fazer algumas provas do vosso calendário, então que seja nadando femininos com masculinos - (espero que já o tenham feito)
3º Treinem pelo menos uma vez em Lisboa com uma equipa de 1ªDivisão (pela certa que antevendo o seu futuro de estudante todos se mostrarão disponiveis para a receber! Até poderá encontrar alguns dos seus antigos colegas!)
4ºSe necessário estabeleçam um Subsidio (não uma "esmola")

Estas são as medidas que os principais agentes envolvidos - AMINATA; ANS; FPN - deverão tomar e JÁ...

Outros problemas foram apontados, mas que já os consideramos usuais e no meio deste, certamente que constituem assuntos a ponderar mas são certamente menores(?!!)(Reconhecimento do Clube e Associação mais a Incompetencia da Arbitragem)

Lembrem-se que estamos a falar de uma FORA de SÈRIE tal como a MADONNA...

sábado, outubro 28, 2006 5:59:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ta td maluco! ela e q sabe!

sábado, outubro 28, 2006 8:02:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

30 minutos da Amadora a Almada ??

Eu treino no Porto e vivo em Évora.. humm transportes públicos.. 1 horinha de viagem.. tranquilo!
Recomendo a Joana a fazer isso.

- Deixando a ironia para trás, gostei de ler esta entrevista da Joana, foi pena o clube não a ter apoiado como ela diz, pois isso é uma das coisas mais essenciais que um nadador pode ter, o apoio da equipa e dos seus colegas.
Não vou dizer aqui para tirares um tempo nem nada disso, porque pessoalmente já me fartava chegar a casa com um cheiro imundo a cloro e a minha mulher estar constantemente a queixar-se e blabla, enfim, mas penso que penses sempre 2x antes de tomar uma decisão que irá afectar a tua vida, é claro, isto é só um desporto mas poderá acontecer quando arranjares trabalho e tem que se zelar pela vida.

Bem penso que é tudo, beijinho e até um dia destes.

jm

sábado, outubro 28, 2006 9:28:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Um beijo para ti menina que conheci nos multinations no Chipre,pouco faladora mas muito responsável e ambiciosa que no momento da verdade nunca fraquejou,espero sinceramente que não seja um adeus mas simplesmente um até breve qual o descanso do guerreiro.
Susana Miguel se tens ou podes ter alguma influência na decisão da JOANA lembra-te que poderias ser tu a tomar a mesma decisão,fala muito com ela e chateia-a se for preciso,convence-a a manter alguma actividade,porque a JOANA faz falta à natação portuguesa,sabe-se lá o que o futuro lhe reserva.
Um bem haja para ti e um desejo de grandes vitórias
Tenta ser feliz.

sábado, outubro 28, 2006 10:04:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Bem na amadora podia ganhar uns trocos mas Pequim..... Isso era o que gostava de ver.Mas para isso é necessario "Trabalho" e isso na Amadora lol hehehehhe gostava de ver.
Talento simmmmmmmm mas trabalho ...hehehhe

domingo, outubro 29, 2006 2:40:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Anônimo disse...

Bem na amadora podia ganhar uns trocos mas Pequim..... Isso era o que gostava de ver.Mas para isso é necessario "Trabalho" e isso na Amadora lol hehehehhe gostava de ver.
Talento simmmmmmmm mas trabalho ...hehehhe

Outubro 29, 2006 2:40 PM

e la estas a falar do que nao sabes!

segunda-feira, outubro 30, 2006 1:36:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

mas trabalho? lololololol sim pk so basta ter talento... ha msm gente cheia de ciumes do cna...

segunda-feira, outubro 30, 2006 2:26:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Anônimo disse...

mas trabalho? lololololol sim pk so basta ter talento... ha msm gente cheia de ciumes do cna...

Outubro 30, 2006 2:26 PM

Ciumes de k? Ah ok.... o CNA tem os resultados k tem só por talento... mmm... tb... espero k venhas a engolir essas palavras ;)

terça-feira, outubro 31, 2006 1:56:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

interpertast mal... eu kis dizer k o cna tem resultados por k faz um trabalho serio! e eu sei do ke falo... o mas trabalho? lololol vem do post acima... era uma resposta... o sim pk so basta ter talento era eronia...

terça-feira, outubro 31, 2006 2:44:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

desculpa :P

terça-feira, outubro 31, 2006 3:39:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Aminata??? 1 club??? aquilo são 3 clubs num só! como se pode chamar club em algo onde certos treinadores fomentam a divisao em vez da uniao de grupo. Os unicos factores que podem prender alguem naquele "club" sao os atletas e um unico treinador ja aqui referido pela Joana. Não admira que ela tenha saido, estamos a falar de um "club" que e tao "grande" a nivel nacional que se da ao luxo de ja ter expulsado atletas da casa, neste caso 3 atletas, so para ter mais espaço para os que eles(direção + alguns treinadores) consideram bons atletas.
E que nem nos verdadeiramente grandes clubs a nivel nacional acredito que expulsem literalmente atletas da casa por falta de espaço, e entao 3 fazem uma diferença brutal...
Joana tira umas ferias e volta, mas nao para o Aminata, pelo menos enquanto tiverem la certas e determinadas pessoas...

quarta-feira, novembro 01, 2006 1:53:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

FPN, FPN, onde andas??!!

A JOANA já saiu do AMINATA!

Arranja-lhe um CLUBE, para ela e para o seu TREINADOR!!

segunda-feira, novembro 06, 2006 5:53:00 da tarde  
Blogger CNRM said...

ha sempre o rio maior =P

terça-feira, novembro 07, 2006 3:05:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

De facto muito anormaloide aqui expressou ou vomitou a sua(?)opinião......
A Joana andou no Aminata sempre ao "colo" nunca gostou de nadar......sempre teve outras preferências desportivas.....
Há 4 anos que ela fala em abandonar!!
O problema, de uma forma simplista, é que ela não gosta de trabalhar.....perguntem-lhe qual o volume médio por treino.....
Cada atleta é um caso, mas se ela treinasse como a Susana Miguel, teria ido a Palma e não duvido que Pequim poderia deixar de ser sonho...!!!
Divisão entre treinadores.....olhem que o treinador dela......3 atletas expulsos...tiveram de sair pq não cumpriram os objectivos definidos para cada categoria!

quinta-feira, novembro 16, 2006 6:06:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Só hoje tive conhecimento do blog e inevitavelmente da entrevista à Joana Escária.
Óbviamente li-a toda assim como os comentários. A Joana foi tratada como nenhum outro, o seu treinador desculpava-lhe coisas que não tolerava aos outros.Não era um bom exemlo porque não trabalhava, chegava tarde aos treinos, saía a meio e a ela o tecnico fechava os olhos. Não treinava e tinha resultados.Expliquem isso aos nadadores.Mas em determinados niveis o talento deixa de ser suficiente e isso ja estava a acontecer. Comcordo com mts coisas que se dizem no comentário anterior. O treinador=treta!

quinta-feira, novembro 16, 2006 10:15:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

A Joana diz, na sua entrevista, que lhe faltava a motivação, que o clube não a apoiava...enfim, um rol de falhas que aponta a quem, de facto sempre a apoiou e tentou compreender! Sim, quem a conhece bem sabe que é uma rapariga introvertida, com dificuldades de relacionamento (ela própria o reconhece) e que mts vezes só a mto custo se conseguia chegar à fala com ela.
Muitos foram os que já aqui deixaram o seu comentário, pena que o tenham feito sem conhecerem a realidade do dia a dia do clube e do “treino” da Joana.
É verdade que a Joana desde mto cedo se revelou com uma aptidão natural para a natação e, ao contrário dos outros colegas de grupo, não precisava treinar mto para conseguir óptimos resultados. Só que a partir de determinado nível, só isso não chega, tem de haver… trabalho, trabalho, trabalho, certo?
Quanto ao facto de ninguém lhe dar os parabéns qdo batia recordes, não me parece justo (eu e mtos outros o fizeram)! Mtos foram os cartazes afixados na piscina, os artigos do jornal regional, o bolo de chocolate no bar da piscina, feito com mto carinho pela esposa do treinador – eu tb estava lá! (sim pq os pais nunca apareciam nem se associavam a estas coisas!).
Se a Joana não tem motivação qdo consegue integrar uma selecção nacional, qdo tem a oportunidade de viajar e nadar ao lado dos maiores da natação (tudo isto, como já disse, com pouco treino!!!) então digam-me lá qual a motivação de um atleta que não falta a um treino, que se empenha até ao seu limite, que aguenta as mudanças de grupo de época para época e que a única compensação que mts vezes tem é participar nuns “Campeonatos Nacionais” e pedir aos santinhos p/ n fazer FTL???
Deixo uma questão no ar para aqueles que acham que a Joana estaria melhor num clube “grande”: como aceitariam e interpretariam o facto de a Joana faltar a um estágio da Selecção Nacional, para o qual havia sido convocada, para estar presente nos prémios MTV??? – o seu treinador compreendeu e apoiou!

domingo, novembro 19, 2006 9:34:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

o AMINATA respira de alívio... a Prima Dona saiu!!!
Pode ser que agora os atletas que treinam todos os dias, chegam a horas, levantam-se de madrugada, gritam pelos outros... e também conseguem resultados, tenham mais mérito no clube do que só bajular a "coitadinha"
o clube ganhou muito com esta saída (será que foi mesmo uma saída? para isso tinha de ter entrado)

domingo, novembro 19, 2006 11:08:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

Bem, curiosa a forma como se deu a volta à história...

Afinal a Joana era aquilo q a se pode chamar a verdadeira "ovelha negra" do Clube, e o AMINATA respira de alívio c a sua saída!

Cá ficamos, nos próximos 30 anos, à espera de voltar a ouvir falar alguma vez do AMINATA, esse grande baluarte da história da natação nacional, e dos seus nadadores - ao contrário da Joana - escrupulosamente cumpridores e assíduos, que têm como objectivo de carreira atingir mínimos p os Camp. Nacionais.

Dá pra perceber q se o Gary Hall vivesse em Évora também não teria lugar na equipa do AMINATA, equipa pertencente à causa da 3ª divisão nacional - sublinhe-se.

Sublime... É isto q é o nosso desporto. O talento não conta, só atrapalha, pq normalmente surge associado aqueles que nem são os q + se dedicam.

Por isso, como desafiam as lógicas e destroem as teorias q vêem nos livros, xô com eles, q o q nós queremos é muito trabalho, sobretudo se for acompanhado por falta de resultados.

segunda-feira, novembro 20, 2006 12:10:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Caro Duarte Mendonça

pelo tom de irritação dá para perceber que estás a falar de ti e nao da Joana

A propósito, qual era o teu clube?
Ah... individual na AN Madeira

segunda-feira, novembro 20, 2006 12:03:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Calma Duarte!
Eles próprios admitem que respiram agora de alívio!!
Tu não sabes o k é ter uma atleta galáctica em campo (piscina)...por melhor que fossem os resultados dos outros atletas (Masc. ou Fem.) comparados com os dela...era...(xeira mal?)...já pensaste bem nisto?
Responsabilidade acrescidas??...temos k fazer mais o quê???
Deixem-nos em paz na nossa mediiocridade k assim é k estamos bêm!
Pensas k ele querem saber como é k funcionam os outros clubes com os seus atletas de eleição?...esquece isso!
Nãoincomodes sff

segunda-feira, novembro 20, 2006 4:53:00 da tarde  
Blogger Duarte Mendonça said...

Anónimo das 12.03:

Pelo contrario, pelos clubes onde passei em 20 anos dos meus 23 de natação, nunca aonteceu ser acusado de não treinar o q os outros treinavam. Pelo contrário, recebi diversos prémios pelo mérito e empenho (CSM, SAD e CDN).
Logo, a comparação c a situação de q a Joana é acusada não se coloca neste aspecto.

Anónimo das 4.53:

Obviamente já assisti a este filme mtas vezes, em diversos clubes. Tive N colegas de equipa dentro desta onda. É certo q nunca fui colocado na posição de treinador deles, mas tenho opinião sobre o assunto. Aceito q - a ser verdade - o treinador ou o clube, depois de ter tentado tudo e dado todo o apoio, não tenham se continuar a treinar atletas desmotivados ou não cumpridores. Nesse caso, q tenham coerência e o mandem embora, se é esse o perfil defendido no clube.

O que não podem é sujeitar-se a conviver com isso durante anos, nada fazer pq até dá jeito q ela lá esteja, servir-se do valor da atleta, e qd ela resolve ir embora, como já não serve os nossos interesses, dizer q já devia era ter ido mais cedo e q não faz falta nenhuma, pq só atrapalha.

Porque se tivessem mesmo essa opinião, já a tinham mandado p casa há mto + tempo. Mas como lhes dava jeito, foram patrocinando aquilo q agora criticam.

É apenas uma questão de falta de coerência.

Sobre o incómodo das minhas opiniões, culpe o Marcelo Caetano, as FP25 ou o Otelo. Ou então mude de país, pq neste felizmente posso manifestar a minha opinião qd quiser.

Cumprimentos.

terça-feira, novembro 21, 2006 1:56:00 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Grande joana..nem treinava..so fez bem em ir-se embora!!mts comments a dizer d kem e a culpa?so quem n e de evora e que pensa que a culpa n foi dela!!!

quarta-feira, novembro 22, 2006 2:37:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Por caso sou evora e axo k ela tem toda a razão!...
mas se kiser posso não contar para as suas contas

quarta-feira, novembro 22, 2006 6:49:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Alguém se lembrou de pedir explicações à direcção do Clube, antes de atirar postas de pescada ?
Tanto quanto me recordo, era de bom tom ouvir ambas as partes, regra que, aparentemente, não vigora cá na casa.

quinta-feira, novembro 23, 2006 1:47:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

Duas semanas antes da entrevista ser realizada o AMINATA recebeu um mail meu a questionar a situação. A resposta foi de silêncio, portanto se és do clube, verifica a caixa de mails, se és apenas “adepto” procura como tu próprio reconheces, ouvir as duas partes!
Neste caso seria, antes de mandares bocas, perguntar ao BA se tinha pelo menos tentado ouvir a AMINATA… ok?
Cumprimentos,
Beba Água

quinta-feira, novembro 23, 2006 1:57:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Duarte Mendonça.....cuidado não te mordas ou morrerás envenenado....gostava de saber a causa de tanta frustação........o que terás contra....todos????????
Francamente trata-te!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, novembro 24, 2006 2:50:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

BA.....em que data tentaram houvir a Direcção do Aminata???

sexta-feira, novembro 24, 2006 2:54:00 da tarde  
Blogger Beba Água said...

Duas semanas antes da entrevista ser realizada o AMINATA recebeu um mail meu a questionar a situação.
Se a entrevista foi a 27-10-2006, duas semanas antes deverá andar pelo dia 13 de Outubro.

Eu não tinha o contacto da Joana Escária e enviei um mail para todos os contactos que aparecem no vosso site. Depois disso alguém que recebeu esse mail comunicou à Joana a minha intenção de a contactar. Depois a Joana entrou em contacto comigo e… entrevista.

Alguma duvida mais?

Cumprimentos,
Beba Água


NOTA:
Também estranhei o facto de o Aminata nada ter a referir, mas desculpem-me, não é da minha obrigação ou qualquer coisa do género andar atrás das pessoas para falarem. Se querem participar, comentem, escrevam mail’s, solicitem a publicação de matérias, inscrevam-se no msn, mas por favor não venha pedir contas ou ditar regras.
Se o Aminata só agora quer reagir é porque tem estado a dormir.

sexta-feira, novembro 24, 2006 3:07:00 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Que giraço que isto está....
Sobre o apoio que a Direcção do Aminata deveria dar e não deu.......isso diz a Joana e é mentira!!!!a Joana naão tem razão!!!! A Direcção, os Técnicos ( e não só o dela), os colegas, todos sempre a apoiaram, apesar dela ser antipática, nem bom dia dizer às pessoas!!!!!! e apesar também de a presidente não ter como prioridade a natação pura (tem o filho no polo e a filha na sincronizada) e apesar de uma directora que trabalha na noite (num bar mt conhecido de évora)(há pais que já comentam), dizer mal dela em tudo o que é sitio!

sexta-feira, novembro 24, 2006 3:34:00 da tarde  
Anonymous carlos said...

apesar de não ser da "esfera" da natação gostaria de expressar a minha opinião sobre o que se disse acerca de alguns elementos da direcção do aminata.

como a pessoa não se identifica designarei e como gosto muito da disney de "Pateta"

em primeiro lugar identifico-me pois não tenho receio de o fazer.

chamo-me carlos borralho tenho 26 anos e sou de évora.

os espaços de opinião por vezes tornam-se em plataformas onde os menos corajosos se escondem atrás de uma mascara virtual e dizem tudo aquilo que lhe vai na cabeça, o que é no mínimo intolerável.

gostaria portanto de me expressar dirigindo-me ao pateta, de forma a esclarecer que falar da vida privada das pessoas é mau e feio(tal como a antiga ministra das finanças).

debruçando-me sobre aquilo que o pateta disse de que a presidente isto e a directora aquilo, o pateta só pode ser hipócrita, uma pessoa retardada e sem princípios.

por em causa a postura de pessoas que muito tem dado ao aminata, que tem um comportamento responsável dentro e fora da instituição, com provas dadas quer em termos profissionais e pessoais, é de muito mau gosto.

senhor pateta, cresça, aprenda e leia qlq coisa sobre princípios pois necessita.

adeus pateta!!!

terça-feira, novembro 28, 2006 7:39:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home